segunda-feira, 1 de março de 2010

Verbete

Há uma coisa que sempre me fez grande confusão aqui em Angola. (há muitas, muitas mesmo, diria até bués, mas enfim, esta é uma delas)

O livrete dos veículos!

Ao adquirir-se uma viatura nova, não é logo entregue o livrete definitivo do mesmo. Não, isso seria demasiado prático e simples, que cabeça a minha.

Então, entregam-nos um papel tipo o da foto acima, que como indica lá, é um verbete, e substitui o livrete temporariamente até que o livrete definitivo seja finalmente emitido.

Só que como todas as coisas temporárias em Angola, acabam por ter um carácter qualquer coisa parecida com definitivo, portanto este imbróglio não tem por que ser diferente. Como podem constatar, o "papeleco" em causa foi emitido a 17 de Março de 2008, logo estamos perante uma situação "temporária" de 2 anos. Nada de anormal portanto.

O único senão é que como podem ver, o próprio verbete, ou "papeleco", tem validade de 3 a 4 meses, o que nos obriga a ir revalidar o documento periodicamente, até termos o livrete da viatura. Essa renovação é feita com um carimbo no verso do papel, no meu caso, já muito desgastado coitado.
Diversos carimbos de prorrogação da validade
(de 4 em 4 meses leva um novo)

Há casos de as renovações serem tantas, que o espaço no verso é já insuficiente, e tornava-se completamente ilegível qualquer novo carimbo, que obriga-os a fazer o que é mais lógico e sensato.
Fazer um novo papel? Claro que não... Vocês têm cada ideia. Passam a pôr estes carimbos na frente do documento.

Ainda não cheguei lá, mas estou optimista, vou no bom caminho. Torçam por mim!


Juntando o facto de a revalidação apenas poder ser feita após passada a data de validade, no limite andamos ilegais por um dia (ou dias, depende da perguiça...). O que até é conveniente para os apertados orçamentos familiares dos diversos agentes que zelam pela segurança pública, trânsito e interesses próprios, quando apanham um motorista menos atento a essa coisa dos prazos.

E porquê esta história toda ao fim de dois meses sem escrever qualquer coisa no blog? Vir agora falar de livretes, verbetes e carimbos?

É que chegou a hora de renovar o meu papelinho.

Ou não chegou? Não sei...
Será vitalício? Fiquei confuso...

Atentem na data de validade da renovação mais recente
(assinalada a vermelho)


PS: Se não percebeste, tens lugar garantido na Direcção de Viação e Trânsito, com entrada directa para os quadros.

Sem comentários:

Enviar um comentário